TRANSLATOR( BLOG OR POST)

6 de mar de 2016

Do chão para a mesa

Um dia desses contei que saio antes do café da manhã para colher e vistoriar o que planto no terraço do apartamento.

Aqui o pé de micro-tomate, que tem menos de um metro e começa a frutificar com vinte centímetros de altura. Pode ser plantado em vaso onde houver sol. Precisa de pouco cuidado. Só boa terra, sol e aparar as folhas em excesso. 

 Aqui a salada de hoje: rúcula tenra e saborosa, coroada com esses tomatinhos minúsculos deliciosos. 


Bem no cantinho inferior à direita alguns pedaços de couve nero de toscana. 
Esta tem quase quatro anos e já parece uma palmeirinha, com bem mais de um metro de altura. De gosto bem menos marcante que a couve mineira, pode ser comida crua. Sim, ela precisa de estaca e qualquer cabo de vassoura serve. 

Aqui tudo se aproveita, com certeza. Inclusive fitas de cassete para fazer caminho para as ervilhas trepadeiras. Aposto que você nunca pensou nisso!

Ao fundo da última foto, um pé de jabuticaba anã e dois pés esperançosos de mirtilo.

Não preciso de muita coisa para me sentir feliz num domingo de sol.

ONDE COMPRAR

As sementes de rúcula você encontra em qualquer loja de produtos do tipo. As sementes de tomatinho e couve neste site.  Por enquanto não existem mais sementes da couve, infelizmente, razão que me leva a encher meus dois pezinhos de cuidados até que sementeiem.

As  mudas de frutíferas anãs eu comprei aqui. Se pesquisar, pode encontrar mais perto de sua casa, quem sabe.

Bom domingo! Boa semana!

2 comentários:

Justine disse...

As hortícolas plantadas e semeadas por nós têm outro sabor!! E as ervas aromáticas? Uma delícia!!!

Clarice disse...

Justine, na minha vida profissional e pessoal sempre fui imediatista, planejadora, organizada. Já melhorei um pouco- na marra-com minha hortinha e frutíferas. Sou obrigada a esperar que os ciclos se completem, mas nada tira minha alegria de ver uma vagem brotando, um tomatinho amadurecendo, uma flor difícil de cultivar, finalmente, dando o ar de sua graça.

A colheita na horta é sempre um prazer renovado e gosto muito de dar mudinhas, sementes e alguns temperos para a vizinhança.
Grande abraço.