TRANSLATOR( BLOG OR POST)

23 de ago de 2013

Rebate essa, que eu quero ver.

Diz o livro que todas as proparoxítonas da língua portuguesa devem ser acentuadas, Ufa!!!! Pelo menos isso não tocaram.

Com base nisso e no aportuguesamento de palavras estrangeiras, surge uma anomalia. Existe uma palavra proparoxítona que não é acentuada. Duvida?

Como você pronuncia a palavra performance?
O vermelho identifica a sílaba tônica.
Em inglês seria performance. 
Em português seria performance?

Professor, tem acento?
____________________________________________________
Ainda sobre palavras transformadas e destruídas, um dia desses escutei um comentarista dizer, entre outras "novidades",  que o tenista ismechou(de smash)

Teve ainda aquele auditor a quem indaguei a razão de tantas expressões em latim no seu relatório. Imaginei que havia sofrido com as declinações. Mas ele me veio com esta: Não, não estudei. Coloco pra enfeitar o texto.

Cara, tem limite em algum lugar pra tanto besteirol?

10 comentários:

Anônimo disse...

O brasileiro, como não poderia ser diferente, foi passivo e aderiu à reforma ortográfica. Essa reforma indecente proposta por um presidente que é semi-analfabeto, causou-me extrema indignação. Eu não me aderi e não irei jamais me aderir a ela. Encontro-me numa certa idade na qual posso dar-me esse direito: a de transgredir. Mas é o que todos os brasileiros deveriam ter feito, principalmente os letrados.

Clarice disse...

E como você fala essa palavrinha, a tal performance?

Van Gogh disse...

E eu te faria uma contrapergunta! Ou seria contra-pergunta? Diante da questão, isso é relevante?

Clarice disse...

Van Gogh(modesto você, hein?), diante de minha formação universitária é. Diante da ignorância, não. Mas é uma raridade, assim como a classificação do "que", nesta frase: Que lindos olhos os teus!
E aí, rebate?

Justine disse...

A questão do acordo ortográfico daria uma discussão de horas ou dias, e nunca chegaríamos a um fim, creio eu!
Contudo, dada a minha formação universitária de linguista:
1. sempre achei muito interessante o modo como os brasileiros "aportuguesam" palavras estrangeiras. É um modo de manter a língua viva!
2. Performance será sempre pronunciada por mim em inglês!E sem acento! E não é snobismo da minha parte:))))

São disse...

Não concordo com recente Acordo Ortográfico: a língua é viva, modifica-se e avança por ela mesma, não por decretos!

E , como dizia o Professor Albano Estrela, já tenho idade e estatuto para fazer determinadas coisas.

Com a benesse de já nem ter que escrever documentos oficiais, rrss

Bons sonhos

Van Gogh disse...

Clarice, eu apenas penso que nós, brasileiros, deveríamos ter o direito mas sobretudo o dever de contrariar o que este governo criminoso vem implantando neste país.

(As pessoas referem-se tanto à discriminação em seus discursos...) Mas a pior discriminação que pode haver é quando o governo coloca o povo à margem de suas decisões.

Clarice disse...

Justine, desempenho ficaria mais fácil, não? :)

São, meu irmão diante de tanta coisa achou ótimo, porque agora ninguém mais sabe o que é certo ou errado, hehehe! Ninguém precisa mostrar performance.

Van Gogh, concordo, mas além dos desmandos, como fica a performance em geral? ;O

Van Gogh disse...

Clarice, fica bem a gosto da politicalha! Seu irmão disse bem: "ninguém mais sabe o que é certo ou errado." Sobre esta e várias outras questões, "eles" estão tendo um bom desempenho: é a completa destruição de uma nação.

São disse...

SE seu irmão vier a Portugal poderá dizer exactamente o mesmo!

Não sei que ideia deslumbrante foi esta de Acordo, francamente.

Que eu saiba , Inglaterra e antigas colónias não fizeram nenhum Acordo por causa do inglês!

Outra coisa, o povo -como sempre - foi completamente ignorado.

Bom dia