TRANSLATOR( BLOG OR POST)

2 de fev de 2012

Coisas com cheirinho de infância

Brinquedos que você não vê há muito tempo. Quer começar pelas bonecas?

Explore todas as opções e veja se não tem coisinhas do tipo em sua casa, sem receber o devido valor(e que valor!). Eles restauram brinquedos, anote aí.


Oh, Não! Essa da fotos não está à venda. É minha boneca de mais de 54 anos. Um luxo de plástico, que não tem cabelos, mas pisca e tem braços e pernas articulados. Com o tempo a cor dela escureceu, como se estivesse bronzeada. Faz sentido, já que veio morar na praia há mais de 33 anos.

Levei um susto com o que valem bonecas parecidas com ela. E a pobrezinha dormindo no fundo do guarda-roupas!

Detalhe: ela mede 0,45cm e veste a roupinha que meu filho usou com dois meses. Assim, de punhos e pernas dobrados.

10 comentários:

Anônimo disse...

Tive uma boneca bem parecida com a sua. Eu a chamava de Gilda.
Não sei que fim levou mas a foto me trouxe saudades.
Beijinho Lê

Pitanga Doce disse...

Não tive bonecas. As poucas que vinham ter às minhas mãos já vinham sem olho, braço, cabelo...mas sobrevivi. Agora as crianças precisam de psicólogos quando os pais não lhes dão um play station de última geração.

Um dia desses apareceu uma parecida com a tua lá na Casa Ronald. A dona quis doar. Mas o rosto era em louça.

Tá frio, bela. Tô lembrando de ti, "daí".

Clarice disse...

Pitanga, além dessa, que ganhamos aos 4 anos só as pequeninas de celuloide, raramente. Não posso me queixar porque havia muita árvore e muito chão pra brincar com o pouco que tínhamos.
Felizmente não fui educada pra ser tirana e egoísta como muitas crianças de uns anos para cá. Há pesoas que"compram" a atenção e respeito dos filhos com objetos. O troco vem a cavalo1.

Pois então estás sob a neve? Aqui bufamos,suamos e bebemos água feito cavalos de corrida.
Abraço caloroso e aproveite!

Clarice disse...

Lê, minha irmã teve uma com carinha de louça. Parec que eu quebrei num rasgo de ciúme. Ai! Ai! Acho que foi pra chamar a atenção porque depois de mim veio o tão esperado menino. Vai saber. Eu era danada mesmo.

As minhas bonecas nunca tiveram nome. Havia tanta criança ao redor que a fantasia tinha lá seus limites.
Que bom que te trouxe lembranças.
Abração.

AvoGI disse...

a minha boneca de menina era a Susana
e ainda tenho saudades dela
kis .=)

Clarice disse...

AvoGi, saudade da boneca eda menina que ainda está em você, com certeza.
Abraços

São disse...

Tive uma boneca deste género, mas a perdi ao longo do tempo e agora me recordei dela ao ver essa...

Bom domingo, ma belle.

Justine disse...

Também tenho "tesouros" destes guardados - são o que resta, fisicamente, da minha infância. O resto são memórias esbatidas...

Anelize disse...

Eu adorei o link!
Me diverti olhando tantos, e ainda falta um bom tanto para ver...
Recordei minha infância com as fofoletes q eu tinha coleção... E me arrependi de ter jogado fora minhas Susis... Vc viu quanto valem? rsrsrs
Ainda tenho uma que guardo de recordação, já mandei até a costureira arrumar o forro depois que vi o quanto valem... rsrsr mas esta guardarei como recordação mesmo da minha infância feliz...
Obrigada por compartilhar... bjs

Clarice disse...

São, adoro quando consigo remexer na infância de alguém! ;)
Abração e cuide-se do frio.

Justine, o que cada objeto carrega de lembranças dá um valor sem igual, não é verdade?
Beijos e muito chocolate quente.

Ane, difícil não lembrar de cada brinquedinho que se perdeu no tempo. Mas o que dá susto é ver que coisa bem recente são vendidas como antiguidade. ;O
Pena não poder guardar tudo, mas pra isso é preciso um gaçlpão, porque todo "cacareco" traz boas lembranças, concorda?
Abraço