TRANSLATOR( BLOG OR POST)

6 de dez de 2011

Uma penca de abóboras

Ou seria um cacho?

Essa aboboreira cabe em espaços pequenos, porque não rama, não se espalha como a maioria das suas parentes. Numa floreira de um metro cabem três pés. 

É a abóbora papaya, que, pelo óbvio, se parece com o mamão do mesmo nome.
Cresce e dá frutos em menos de um mês. Muitos frutos. As flores são deliciosas se forem fritas envolvidas levemente em ovo e farinha. As abóboras podem ser comidas verdes ou maduras.

Com os quatro pés que tenho na hortinha vai ter abóbora na mesa até enjoar. Nem precisaria dizer que guardarei sementes para sempre.  Nham! Nham! Estão servidos?

4 comentários:

Dalva Maria Ferreira disse...

Estou sim, obrigada!

São disse...

Doce de abóbora, meu bem, com requeijão...já provou?

Um abraço

Gloria disse...

Conseguiu as sementes aonde? Naquele site ou em agropecuaria? Eu adoro abobora com carne!!!! Droga, agora tô com fome. Bjs

Clarice disse...

Dalva, assim que colher a primeira deixo uma foto aqui. pena computador não ter célula de sabor.

São, eu sou louca por doce de abóbora e preparada de qualquer forma, mas dessa não sai doce, a não ser se colocar no forno. As de doce são aquelas grandonas, ou de pescoço. mesmo assim fazem bonito.
Abraço.

Glória, sim, comprei na Tabutins. Vou colher algumas maduras pra guardar sementes e aí mando pra você ou entrego se vierem pegar sol em Floripa.
A melhor comida do mundo que eu já provei foi o caldo de abóbora que me serviram depois de um jejum pós-operatório de 5 dias, juro!
Abração.