TRANSLATOR( BLOG OR POST)

14 de dez de 2011

Oha o que você comeu, menina!

- Hummm... E as sementes de maracujá são tão sensíveis assim?
- Não. É que demoram até 50 dias pra germinar.
- Nossa! Isso tudo?
- E, sim!
- E as abóboras, por que será que tenho visto tantas flores caindo? Será que estou regando demais?
- Não, não tem a ver com água. Acontece que existem flores fêmeas, que são as que aparecem a partir do caule já com uma bolinha, que serão as futuras abóboras. E há as flores masculinas, que duram poucos dias.
- ??????

A essa altura eu me senti uma idiota. Logo eu que vi tanta aboboreira no fundo do terreno?  Eu que comi tantas flores? Nunca ouvi dizer que eram machos ou fêmeas. Na minha minúscula sabedoria de cada flor nasceria uma abóbora.

Diante de minha falta de resposta, o técnico acrescentou, para me colocar de vez no chão:

- Repare bem as flores. As masculinas tem um apêndice dentro.

Quêêêê????

Fui lá no terraço e conferi.
Tem!


Obs.: Não reparem nos respingos de barro. É que ontem e hoje choveu furiosamente.

4 comentários:

Justine disse...

Tanto que a natureza nos pode ensinar - está lá tudo!
Abraços

Anônimo disse...

Não sabia que existiam flores machos e femeas. Engraçado observar que agem como os machos de todas as outras espécies; morrem cedo e não participam da gestação. O apendice para que servirá? Para transar ?
Beijinhos Lê

Clarice disse...

Justine, eu nasci numa cidade do interior e havia uma horta enorme e parentes com roça e tudo mais, mas eu só fazia apitos com o caule das folhas de abóboras e comia de tudo. Mas reparar no que havia dentro da flor? :)
Abração.

Lê, na flor feminina tem uma espécie de florzinha dentro. O drama é que elas não se tocam e as masculinas caem a torto e direito. Muita afinidade essa natureza com a humana.
Beijos

Dalva Maria Ferreira disse...

Que lindeza!