TRANSLATOR( BLOG OR POST)

7 de jul de 2011

Surpresa!!!!

Depois de algumas noites e madrugadas de muito frio, fui até minha hortinha conferir os estragos.

Não é que os tomateiros escondiam o que esperei por quase três anos? Adubo e água pra que te quero. A danada se negando e de repente estão ali as primeiras. Fácil entender porque eu não as via. São do tamanho de um tomatinho.
Logo embaixo delas uns sinaizinhos até difíceis de ver, prometem mais algumas.
Se para cada vez que olhei pra ela, tirei galhinhos secos, alisei o tronco, arrastei pro sol, afofei a tera, adubei e reguei rendesse uma jaboticaba(ou jabuticaba), eu venderia aos baldes.

Ganhei o dia.

9 comentários:

Gloria disse...

É uma emoção, não é? Há quem ache que é bobagem, tipo quer jaboticaba, vai no mercado e compra! Mas não! Ver a flor e depois o fruto, é algo delicioso. Parabéns! Ah, lembrei: minha avó dizia que se apontar (com o dedo)não vinga, eu não aponto as minhas mangas nem por um decreto!Bjs friiiiiooooosss

Anônimo disse...

A natureza sempre retribui de forma generosa e maternal os carinhos que recebe. Parabens e ótima colheita!
Adorei o Nabucco
O frio está matando; não sei se conseguirei sobreviver a este inverno;tomar banho está complicado; tirar a roupa virou uma prova de coragem.
beijinhos Lê

Clarice disse...

Glória, se de tanto espiar pra ver se acontecia alguma coisa desse frutos...
Pelo menos agora tenhoesperança de que ano que vem apareçam mais frutinhas.
Frio? Imagina! Aquecedor ligado a partir das 16 horas e à noite transformo o froninho a gás em estufa.
Beijos

Lê, interesante como o corpo acostuma com determinadas condições. Eu sofreria muito com as baixas temperaturas da cidade onde nasci, muito mais baixas do que aqui e acho o inverno de vocês uma primavera fresca.
Para diminuir as torturas do banho, uso aquecerdor meia hora antes. Banho rapidíssimo nesta semana. Ai! Ai!
Besos calientes

Anelize disse...

Que lindo vizinha!!
Compartilho de sua alegria sim! Pois ñ há nada mais gratificante do que ver os frutos de algo que nós mesmos plantamos e cuidamos com amor!
Ano que vem espero que tenha frutinhas pra Malu tbm poder saborear da hortinha da tia Clarice!
Ah! Obrigada pela vizita ao nosso blog também, adoro!
bjs carinhosos.
Ane

Justine disse...

Que alegria é observar os milagres da natureza, que generosamente se repetem todos os anos.
E agora vou descobrir no Google o que é uma jaboticaba:)))))
Bom domingo!

Clarice disse...

Justine, não me espanta que você não conheça. Aqui mesmo no Brasil há frutas de que só sei o nome ou a forma. Se um dia cair uma jaboticaba na sua mão aproveite. É uma delícia!
Beijos

Clarice disse...

Ane, eu pensei que tinha entrado numa roubada porque essa arvorezinha só enchia de folha e perdia folha!
Continue torcendo, que se der metade do que eu espero vai ter até pra botar na pinga!
Bjs

Leika Horii disse...

Eu acho que já te disse, mas vc tem que conhecer a minha mãe!!

Clarice disse...

Leika, deve ser alguma coisa a ver com idade e cultura. Fui criada em meio a muito verde, frutas, legumes, liberdade(relativa, é verdade),pouca Tv, muito voltada para o sabor e o crescimento de coisinhas na horta, no quintal.
Essa jabuticabeira deve ser a campeão de olhares. Você nem faz ideia. rs.
Abração a você e a sua mãe.