TRANSLATOR( BLOG OR POST)

3 de mai de 2011

Uma noite de medo

Na noite passada tivemos ventos mais que fortes por aquiParecia filme de terror. Até o cachorro pediu proteção. Placas voando, coisas batendo, janelas zunindo, coisa de louco!
De manhã encontrei  quase um quilo de areia no chão da sacada.

Quem já varreu chão com vento sul soprando contra sabe que esse montinho deve ser só a metade do que voou até o quarto andar. Na garagem a sensação é de andar sobre gelo, tanta a areia que ficou por lá. Dá pra brincar de escorregador.
Sair de casa só de boca fechada. Um espirro resolve a parada do nariz, mas se abrir a boca vai ralar areia.
Terra de sol e mar. Tá bom!
Tô saindo pra negociar um pano com um beduíno ali na esquina.

8 comentários:

São disse...

Desagradável isso, não?

Um abraço solidário.

Clarice disse...

E trouxe areia e frio.
Abração.

Gloria disse...

Eu que o diga, aqui caiuuuuuu um monte a temperatura e teve vento tambem, só que aqui é lixo e folhas. Bjs de outono/inverno

Pitanga Doce disse...

Isto não foi culpa do tornado do "rapai do céu"???

Anônimo disse...

Aqui tambem deu ventania. Sem areia mas um colchão de folhas. Vassoura na mão e problema resolvido. Lê

Clarice disse...

Glória, ainda não terminou. A escavação no terreno ao lado acumulou areia fina, daí...
Isso me dá um ânimo!
Bjs.

Pitanga, pra modi de curpá o curpado mió que levantem essi predumaveiz.
Abras sô!

Lê, não tenho onde me esconder. Entra areia fininha por qualquer frestinha. Se bobear escorrego e esparramo.
Abração.

neu disse...

Tem que reclamar é no procom. Mandaram mercadoria fora do peso. Não deu um quilo!

Clarice disse...

Neu, ainda não parou. Ontem cairam 157 gotas d'água,mas só trouxeram frio. Areia continua voando. Da foto até hoje, muito mais que um quilo.
Boa semana.