TRANSLATOR( BLOG OR POST)

27 de abr de 2011

Falou e disse!

A Terra é um domicílio universal, mas ninguém entrará na minha casa para dizer como devo me comportar, vestir, falar, pensar, ou para me declarar inferior por ter costumes, cultura ou estilo de vida diferentes.


"Citação:
'IMIGRANTES, E NÃO OS AUSTRALIANOS, TÊM QUE SE ADAPTAR. SE NÃO ACEITAREM, VÃO EMBORA.'


Estou cansado desta nação que se preocupa sobre se estamos ofendendo algum indivíduo ou a sua cultura.
Desde os ataques terroristas em Bali, experimentamos uma onda de patriotismo sobre a maioria dos australianos.Esta nossa cultura foi desenvolvida através de dois séculos de lutas, experiências e vitórias por milhões de homens e mulheres que buscaram liberdade.
Falamos principalmente o INGLÊS, não espanhol, libanês, árabe, chinês, japonês, russo ou qualquer outro idioma.Então, se você desejar se tornar parte de nossa sociedade, aprenda o idioma!
A maioria dos australianos crê em Deus.Não se trata de um movimento direitista político, mas um fato, porque homens e mulheres cristãos fundaram esta nação em princípios cristãos, e isto está claramente documentado. É certamente apropriado exibir isto nas paredes de nossas escolas. Se Deus o ofender, então sugiro que você considere outra parte do mundo como seu novo lar, porque Deus faz parte de nossa cultura.
Aceitaremos suas convicções e não questionaremos por que.Tudo que pedimos é que você aceite as nossas, e que viva em harmonia e desfruto pacífico conosco.
Este é NOSSO PAÍS, NOSSA TERRA e NOSSO ESTILO DE VIDA
e nós lhe permitiremos toda oportunidade para desfrutar tudo isso.
Mas uma vez que você acabe por reclamar, lamentar e se queixar sobre
 Nossa Bandeira, Nosso Penhor, Nossas Convicções Cristãs ou Nosso Modo de Vida, eu recomendo fortemente que você tire proveito de uma outra grande liberdade do australiano,O DIREITO de IR EMBORA. Se você não está então contente aqui PARTA. Não o forçamos a vir aqui. Você pediu para estar aqui.
Assim aceite o país que VOCÊ aceitou."

(Do Primeiro Ministro Kevin Rudd - Austrália)


Ou, como dizia minha amiga Bentinha, da Barra da Lagoa: Os gringos estão na minha praia. Por que eu tenho que falar espanhol?

Um comentário:

São disse...

Não sou racista, mas concordo de tod com o texto, que conhecia.

Estou farta da subserviência portuguesa face aos estrangeiros: os ingleses se comportam como se o Algarve lhes pertencesse!!

Um abraço.