TRANSLATOR( BLOG OR POST)

31 de jul de 2010

Lamentável

Quando alguém mistura preservação do ambiente com mumificação de um espécime que já deveria ter saído de cena, o prejuízo pode ser do meio ambiente.

Por que esse sujeito não cala essa boca?

Quem já leu estas maravilhas  vai gostar de ler a continuação:

VÔLEI

24. A Seleção de Cuba gosta de jogar na frente no placar. (Por que será?)
25. Uma bela paralela cruzada (O QUÊ???)

FÓRMULA 1


26. Na Hungria, quando tem nuvem assim no céu, é sinal que vai chover. (No resto do planeta também!)
27. Luz vermelha, lá vem a verde! (Que verde? Na Fórmula 1, para largar, as luzes vermelhas se apagam e eles partem!)
28. Rapaz, o Montoya passou a menos de 0,5 cm do carro do Shumacher...se é que existe menos de 0,5 cm. (Dêem uma régua para ele.)
29. Amigo, aqui não está só chovendo, está caindo água! (UAU! Que coisa impressionante!)


PÉROLA MÁXIMA


30. E depois do jogo, assistam a mais um capítulo inédito de "VALE A PENA VER DE NOVO".

8 comentários:

ManDrag disse...

Olá Clarice

Na verdade o senhor é insuportável. Até eu que sou estrangeiro ao fim de algumas emissões de jogos de futebol na Globo deixei de assistir para não aturar as tiradas do dito. Mas como podem continuar apresentando esse cavalheiro como um exemplo do jornalismo televisivo brasileiro?
Até com o tom de voz dele eu já embirrei. Apre!!!

Mas essas pérolas são mesmo um mimo de idiotice.

Bom fim de semana. Abraços

Leika Horii disse...

1.Esses caras estão profissionais, até eu acredito nesse cartaz!
2.Ri muito, muito mesmo!
3.É... se eu fosse o Galvão me aposentava, antes que me aposentassem.

bjos

Mari disse...

Ah, não! Peraí! Essa do galvão bird é sério??? Meu Deeeeus!!! Não sei se rio ou choro :/

Esse Galvão é mesmo insuportável.

Mauro Castro disse...

Além de mala, o cara é pé frio: brasileiro só vence quando a corrida é narrada pelo Cleber Machado.
Há braços!!

Clarice disse...

Mandrag, já é tempo de substituírem. Neste domingo vi a corrida da Hungria e mais uma vez foi uma aula de prepotência, interrompendo e não deixando os outros falarem.
Usar esse cara para uma campanha dessas foi triste.Mas a moda pegou,pelo menos no lado de baixo do mapa. Quando alguém passa das medidas logo ouve a frase.
Abração.


Leika, eles juntaram uma figura execrável à imagem de preservação da Amazônia. Horrível.
Essa coleção de disparates me fez rir muito também.
Um beijo e boa semana.


Mari, dá pra acreditar? Como diz o texto, para quem quer ser levado a sério, botar essa figura para chamar a atenção é dose.
Mas como estratégia foi perfeito, porque ele e chato demais.
Abração e boa semana.

Mauro, eu adoro quando o Cleber narra porque fica um clima mais leve, todos podem dar opinião e ele é um gentleman, principalmente com a repórter.
Beijão e boa semana.

Daniel Ven Friend disse...

Acho que ele seria capaz de excitar o lado convexo e fazer mágica para usar o côncavo dele mesmo. rsrsrsrs

Daniel Ven Friend disse...

Ele é bom no que faz... mas duro é que ele gosta muito dele mesmo. E aí sobe no pedestal e se sente a vontade para falar de qualquer coisa. Se se limitasse a narrar seria muito bom... o problema são aqueles comentários que não tem nada a ver toda hora.
É um chato. Mas o problema mesmo tem um nome. NARCISISMO.

Clarice disse...

Daniel,Narciso já se escondeu dele faz tempo!
Abraço.