TRANSLATOR( BLOG OR POST)

22 de mai de 2010

Sessão de cinema


O Filho da Noiva



Imperdível. Se ainda não viu, alugue e veja neste final de semana. Tem surpresa enquanto passam os créditos.

Eu que nem gosto de filme em espanhol, amei !


Para quem não consegue acessar Youtube*, tem outro caminho: clique aqui.

* Mari, você vai amar.

8 comentários:

Mari disse...

Se for um link do youtube nao consigo ver. Proibiram o tal youtube por aqui :s

Qual o nome do filme*interrogacao*

Hj meu teclado resolveu me boicotar! Sem acentuacao e alguns sinais.

ManDrag disse...

Mas que homenzinho stressado!...

E saber que são homenzinhos stressados assim que dirigem os destinos do nosso mundo actual. Os modelos ideais da nossa civilização.

Pelo trailler parece ser um filme com uma forte carga de denúncia social. Interessante!

Respondendo à tua questão: eu me instalei em Recife. Na net mantenho-me activo no Confessium (http://confessium-mandrag.blogspot.com/). Aceito o convite para o cafézinho. Quem sabe um dia... de viagem por Santa Catarina ou por Pernambuco.

Saudações!

Clarice disse...

Mari, desculpe, vou colocar link do Uol. É um trecho diferente do filme, mas com o nome você encontra talvez outros vídeos disponíveis. O filme é : O Filho da Noiva. Lindo, terno, comovente. Para quem está amando, como vocês, é especial.
Abraço

Clarice disse...

Mandrag, está mais para comédia romântica, com diálogos e cenas imperdíveis.
Esse estressado leva um susto e...bem, não vou contar! ;)
Abraço.

novavidanovelhomundo disse...

Esse já foi pra lista de "ver-assim-que-voltar-pra-Floripa", já que a nossa locadora aqui na Suécia é fraquinha, fraquinha!
Valeu a dica, bom final de semana!

Clarice disse...

Mariel, que bom que você voltará. Imagino que a saudade seja grande dessas nossas praias cada vez mais cheias, mas sempre lindas.
Abraço e aproveite cada hora para ser feliz.

Gloria disse...

Já vi o filme e é uma graça. Boa indicação.Gloria

Clarice disse...

Glória, vi por acaso numa dessas tardes de chuva. Gostei demais dos diálogos.
Abração.