TRANSLATOR( BLOG OR POST)

16 de abr de 2010

Dicas da Tia Clara

A primeira é para quem está batalhando para apanhar com dentes e unhas a oportunidade do primeiro emprego(trabalho, gente, trabalho), ou para melhorar seu padrão de vida(e de cultura, se for possível).

Neste blog você consegue muitas apostilas, muitas mesmo. Todas, eu diria. De graça. Prestou atenção? De graça. Além disso, tem testes já feitos para ajudar. Vai lá, vai. E estuda.

A segunda é de uma turma pra lá de legal de jornalistas(ou quase)que eu "adotei", depois que fui convidada a participar da história do Mauro. Dá pra sentir a energia deles de longe. Um blog diferente de tudo o que você já viu. Eles descobrem pessoas que levam uma vida dupla. Já pensou? E contam a história, entrevistam, colocam fotos, vídeos. O maior barato. Merece uma visita de quem tem bom gosto como você.

7 comentários:

Pitanga Doce disse...

Olá Tia Clara, fui lá no Mauro e o gajo é fixe. hehe

Beijos em dia de muito Sol e noite de estrelas, com gaivotas em terra. Ó dó!

André Lasak disse...

Obrigado pelo elogio e pelo banner! :D

Incluí seu blog na minha lista, também!

Beijão!

São disse...

Agora não, que estou de saída, mas irei ver esse blogue.

Quanto à dificuldade de primeiro emprego, estou vendo que aí está como em Portugal: a maior dificuldadea.

Boa semana.

Clarice disse...

Pitanga, Mauro é um exmplo de suceso sem frescura.
Calma, gaivota, que o céu não está para voos lá pras bandas das Europas.
Beijos ensolarados.

André, muito sucesso, que teu blog é mesmo bom. Adorei as definições.
Abração.

São, foi bom o passeio?
É verdade. Isso é histórico,mas basta aparecer algum concurso surgem antes os trabalhos paralelos: cursinhos, apostilas, simulados. Pelo menos alguém ganha com isso.
Beijos e boa semana.

Pitanga Doce disse...

Pois é minha amiga, agora mesmo é que gaivotas ficam em terra. Até os vulcões conspiram. Eita nós!

Pitanga Doce disse...

Seguiu mail, bela!

Clarice disse...

Reparei que tenho comido "s" a cada passo. Alguém explica?

Pitanga, eu amo vulcões, tlvez por estarem longe, mas é sem dúvida a força mais fantástica do planeta. E que imagens!

Já as gaivotas e atobás...

Sobre o texto, finalmente! Pegaste leve mesmo. Foi para não assustar o atobá?
Bom fim de tarde.