TRANSLATOR( BLOG OR POST)

2 de nov de 2009

Como treinar o dono do cão?

Uma das coisas mais importantes que aprendi antes de buscar essa coisinha, é que não se deve chamar a atenção do cão usando o nome dele.

Outra, que eles não falam nem português, nem inglês, nem francês, nem espanhol... Eu uso um SHHHH bem alto, ou CHEGA! quando quero que fique quieto ou pare de azucrinar os gatos.

A outra é que o cara mais importante da matilha sou eu. Ou ele jamais me obecerá, nem se sentirá seguro. Tem dias que ele coloca isso à prova. Tem dias que eu mesma me reprovo.

Por pura curiosidade entrei no site desse moço e gostei demais mesmo. Experimente ouvir as gravações que estão lá. Se quiser receber dicas por e-mail, preencha o cadastro.

Você pode seguir aqui dicas bem práticas para ensinar ou corrigir comportamento dos cães. Ou o seu.

Na primeira semana serão lições sobre como educar o cãozinho a fazer suas necessidades onde você quer que ele faça. Na segunda semana dicas de como lidar com excesso de latidos. Hoje recebi informações sobre como lidar com cães desobedientes.

Estou esperando as dicas de como evitar que ele lata dentro do carro para motos, carro, caminhões, ciclistas, outros cães, frentistas de postos. Nenhum comando funciona.


Na foto, Sunshine, que faz 2 anos amanhã, me oferece bugigangas para ganhar colo.

6 comentários:

neu disse...

Latir para tudo o que se aproxima do carro; é ciumes da dona. Eu tenho o Pepe: comigo late até na sombra; com outra pessoa ele dorme e viaja tranquilo.

Clarice disse...

Neu, ele tem atitudes de predominante com os gatos, mas eu controlo com certa facilidade, dentro dos limites da raça. Agora, é entrar no carro e começa a zorra total. E o danado tem um latido de furar tímpanos. Aqui é uma região que tem muitos sítios com gado pastando na beira da rodovia. É uma loucura sair com ele.
Abração.

Silvia disse...

Oi,
tenho uma cachorrinha de um ano que é terrível. Sempre penso em fazer curso de adestramento, mas falta tempo. Enquanto isso, ela continua mordendo meus pés, mãos, roupas, fugindo, etc,etc.
Mas um dia eu levo a sério o treinamento.
Abraço

Clarice disse...

Sílvia, isso de morder os pés eu curei com um SHHHH bem firme e não deixo ninguém brincar com ele com os pés.
O maltês não é de morder e não é o cão mais fácil de ensinar, mas sendo bem firme e insistindo sempre ele até aprende. O latido no carro é que me deixa maluca.
Obrigada pela visita. Assim que der conta de minha caixa de mensagens passo pelo teu jardim.
Abração.

Anonymous disse...

Clara como vai tudo bom??
2 aninhos já...ele ainda não para 1 minuto rs rs

Clara amanhã volto para Toledo, conversamos por e-mail ou msn.

Bjsss Ângela

Clarice disse...

Oi, Ângela! Ele está um pouquinho mais calmo, mas aquela festa toda pra quem chega não tem jeito.
Mande notícias já, já!
Beijão.