TRANSLATOR( BLOG OR POST)

2 de out de 2009

Não esqueça de baixar a tampa

A propósito do texto que divulguei, carregado de ironia, recebi um ilustre comentário, que está disponível na caixa destinada a que cada um diga o que pensa.

A autora, se o deixou, a priori deve concordar que eu o transfira para este espaço. Sendo assim e para encerrar esta, mas quem sabe iniciar nova celeuma, vamos a quem entende. Ressalto que o colorido no texto é meu e é proposital e espacei o texto para facilitar a leitura.

"Não conheço a assinante deste texto, mas não poderia deixar passar em branco. Sou mestre em Tecnologia e Inspeção de Produtos de Origem Animal pela UFMG e o tema de minha pesquisa foi exatamente esse - OS PROBIÓTICOS. Probióticos são microrganismos benéficos a saúde humana. E uma das espécies mais importantes são as Bifidobactérias.

Quando nascemos, nosso intestino não possui nenhum tipo de microrganismos e as primeiras a colonizarem nosso intestino são as bifidobactérias. Ao colonizar nosso trato intestinal impedem que microrganismos patogênicos se fixem a mucosa intestinal, produzem substâncias que estimulam o peristaltismo, produzem substâncias "antibióticas" combatendo os microrganismos indesejáveis, estimulam o sistema imunológico, previnem câncer, etc.

Inclusive o principal nutriente das bifidobactérias são açúcares (Prébioticos) presentes no leite materno. Já existem diversos trabalhos científicos que comprovam os efeitos benéficos das bactérias probióticas.

Entretanto, para que consigam chegar ao intestino é necessário que sobrevivam ao suco gástrico e aos sais biliares. E existe um consenso de que se a bactéria for isolada da própria espécie a que se destina, a chance dela ser resistente e colonizar o intestino será maior.

No Brasil, já foram desenvolvidas diversas pesquisas e com o isolamento de microrganismos de humanos e de animais. Na área de veterinária, o uso de probióticos na criação de aves, suínos, bezerros diminui ou substitui o uso de antibióticos e melhora o desenvolvimento animal.

Sendo assim, a PRO BIOTICO significa a favor da vida. E, ainda bem que nosso intestino está repleto deles. O nome que damos a eles é MICROBIOTA intestinal. Uma microbiota equilibrada (ecossistema) é nossa primeira defesa contra microrganismos patogênicos. Quando ingerimos um alimento com bactéria patogênica é preciso que ela rompa esse equilibrio e colonize a mucosa intestinal.

Não posso falar da eficiência do Activia, pois não o testei. Mas quanto aos probióticos sou uma defensora. E no Brasil isso ainda é novidade. E na Europa e no Japão já existem até balas e sorvetes com probióticos. Além de diversas pesquisas e trabalhos comprovando a sua eficiência.

E não tenha receio de estar comendo cocô. O fermento (bactérias) utilizado na fabricação do iogurte são preparados de forma que só as bactérias são adicionadas ao produto. É mais seguro e higiênico que nossa própria boca.

Abraço,

Tânia Resende Garcia
Médica VeterináriaMestre em tecnologia e Inspeção de Produtos de Origem Animal - UFMG
29/09/09 21:53"


**********
Agora eu:

As bactérias você já tem. Se não tiver reponha, se for de seu agrado. Continue bebendo água, ingerindo fibras, legumes, frutas e deixe de lado o pão branco, refrigerantes, muita carne vermelha. Ouça seu médico.

Repito, porque é um direito meu: nunca mais vou conseguir ingerir esse negócio, sem lembrar de seu linck escatológico, não importa o quanto foi lavado e isolado.
Salve, salve!

6 comentários:

José disse...

Olá Clarice,
isto por aqui está a ficar muito bom.
Este texto é uma verdadeira aula de madicína, ainda bem que estou seguindo este blog, vou sair daqui um pouco mais culto, eu aprende sempre qualquer coisa com as outras pessoas. E quero tanto aprender que voltei novamento aos bancos da escola.

Bom fim de semana um beijinho,José

Anonymous disse...

Caramba !!!!
A coisa está evoluindo para nível de mestrado. Vamos continuar pois muita coisa ainda vai aparecer. Creio que boas e más pois tudo tem duas faces. Lê

Flaviani disse...

Acredito que o texto falando sobre o Activia não foi feito por uma nutricionista! Deve ser algum mal intencionado que quer denegrir a profissão! Se por acaso for, ela fugiu de muuuuuuitas aulas, ou então fez curso por correspondência, pq tod estudante de nutrição já cultivou bactérias in vitro e é a coisa mais fácil de se fazer num laboratório, utilizar fezes humanas... conta outra! Depois dessa vamos acreditar tbm que o Elvis está vivo!
Por favor, pessoal, não acreditem q isso saiu de um nutricionista. NUTRICIONISTA é uma profissão muito linda, muito séria e científica, não saímos ´por aí falando bobagens!
CONTINUEM INDO AO NUTRICIONISTA QUE É O ÚNICO PROFISSIONAL CAPACITADO PARA PRESCREVER A ALIMENTAÇÃO ADEQUADA PARA AS PESSOAS! E não acreditem em boatos da internet!!

Clarice disse...

JOSÉ, saber não ocupa espaço, então eu também colho conhecimento de muitas fontes.
Abração.

LÊ, é de lei ouvir as várias partes e segundo as que se manifestaram, a origem é aquela mesmo, então actívia nunca mais! Não interessa se é purificado até virar anjo.
Beijão.

Flaviani, tenho respeito por todas as profissões e ouvidas as partes, a sentença fica a critério de cada um.
Eu aceitei a palavra dessa professora com formação suficiente para me convencer. Mas o que ela afirma é que a similaridade das bactéias determina seu melhor aproveitamento, então, imagine se eu quero correr o risco de beber esse iogurte e ingerir uma bactéria que veio de, digamos, algum político brasileiro.
Os tais probióticos, viva eles! Mas mesmo que minha boca possa ser menos limpa que eles, nãozinho!
:)
Abraço.

Claudete disse...

Boa tarde Clarice, tive conhecimento de seu blog e adorei o que vi, Parabéns!!!!!...o que gostaria aqui de expressar não é minha indignação sobre a matéria, mas em relação as pessoas que "soltam" informações incabíveis na internet , é inacreditável como conseguimos fazer coisas “absurdas” e as boatarias é uma constante na internet (digamos a verdade) bem o que me motivou a escrever aqui foi uma ação que tenho como pratica na minha vida, me informar antes de passar adiante a informação que recebi.......então ao receber este e-mail que circula há algum tempo na internet, fui consultar primeiro o CRN Conselho Regional de Nutricionistas – 3ª região de São Paulo e logo me deram esta resposta: O Conselho Regional de Nutricionistas - 3ª Região esclarece que MARÍLIA C. DUARTE não é inscrita neste Regional.
Estão envidando esforços para entrar em contato com a pessoa em questão, a fim de verificar a utilização do nome da profissão e, consequentemente, para que as devidas medidas legais possam ser tomadas.
Agradeço sua atenção e peço desculpas por utilizar este espaço para elucidar “mais uma Boataria da Internet”
E aproveito para agradecer a Flaviani pelas palavras em prol desta profissão , que tenho orgulho em exerce-la.
Abraços

Clarice disse...

Claudete, eu cancelei o acesso a comentários nesse e em textos outros sobre o mesmo assunto, porque, por razões que desconheço, as pessoas só leram parte dos textos e emitiram opinião como se a autora fosse eu(daquele e-mail e do da mestra, do qual coloquei excerto nesse post).
Pelo que percebo, e só por isso, aceitei colocar seu comentário e respondê-lo, parece que você leu as palavrinhas todas, inclusive os comentários.
Há no meu texto uma profunda ironia e sarcasmo, não a intenção de acreditar na matéria. A ironia é que as pessoas engoliram ipsis literae e despejaram comentários agressivos aos dois ou três textos que coloquei aqui.
A intenção era essa mesma que você(salve, salve!)percebeu: ironizar as mentiras que circulam por todos os meios eletrônicos ou não.
Sendo assim, parabéns por sua profissão e, acredite, essa pessoa que assinou o tal e-mail nem deve existir. Imagine alguém descobrir quem mandou o primeiro e-mail!
Bye the way, jamais conseguirei comer desse iogurte. Só se perder a memória.Percebeu a consequência?
Abraço. Obrigada pela visita e gentileza e por deixar seu comentário inteligente.