TRANSLATOR( BLOG OR POST)

23 de mai de 2009

Com dedicatória

Este recado é para quem costuma pagar dízimo, dar esmola, pagar o vinho do padre, a mansão do pastor...

Não deixe de dar uma esmola quando for à igreja, viu? Eles estão precisados, coitadinhos!

Juro que até eu, de coração empedernido desde adolescente, fiquei emocionada. Se alguém souber como enviar contribuições, informe ao Kaká. Ele é da outra ala, mas deve ter sobrado algum para casos assim.

6 comentários:

Tozé Franco disse...

Tenho pena que alguns se aproveitem da situação e não saibam dar o exemplo.
Bem prega Frei Tomás, olha para o que ele diz e não para o que ele faz.
Um abraço e bom Domingo.

analu disse...

Intrigante a ironia de seus textos, o dizimo é um sarcasmo peculiar “ não deixe de dar uma esmola quando for à igreja, viu?, eles estão precisados, coitadinhos!” o que mais me intriga é o escárnio profundo dos coitadinhos. Seu texto é engajado, muito boa sua escrita. Mas o que mais gostei do seu blog foi o título dele talvez pela ironia “Veja o que eu vi”
Um beijo

salvoconduto disse...

Também aí no Brasil? Irra!

São disse...

Minha querida, te sugiro a leitura de "Santos e Pecadores - História dos Papas", do católico Eamon Duffy e, também, a de " O Vaticano contra Cristo", escrito por um grupo de bispos conservadores.

É que se o testemunho de pessoas destas nos conseguem deixar aterrados, nós só podemos imaginar o que ainda mais se esconderá atrás destas vis criaturas que invocam o nome de Deus para matarem, roubarem e espezinharem os direitos de cada um de nós.

E lamentavelmente ainda há milhões que os seguem cegamente!!!

Desculpa ter-me alongad, mas não suporto o Vaticano e quem o defende!!!

Um abraço.

Verdinha disse...

o lado do kaka esta igual :X
os pobres dao o pouco que tem e os outros ficam ricos sem fazer nenhum..

Clarice disse...

Tozé, o problema é que nem o que dizem presta, sabe?
Abraço.

Analu, às vezes é melhor cantar com Chico:"Pai, afasta de mim este cálice", para não jogá-lo na cabeça desses hipócritas.
Visitei seu blog e gostei muito. Quando a calmaria se estabelecer aqui, aponto você no bloguinho.
Abraço.

São, ainda procuro quem me explique por que acredita em Deus. O resto vem depois.
Li há pouco"Deus não é Grande " e estou lendo em goles pequenos" Deus, um mito". Ambas abordagens muito bem fundamentadas em todos os aspectos.
Enquanto isso nas escolas do mundo se ensina o criacionismo.
Abração.

Verdinha, isso prova que nem sempre quem é bom das pernas é bom da cabeça. Ou que quem é bom de lábia ganha de quem é bom das pernas.
Abraços.