TRANSLATOR( BLOG OR POST)

26 de mar de 2009

Coisa de Louco!


Às vezes eu acho que alguém inventa esse besteirol. Será possível que pessoas recebem diploma de segundo grau com essa enguenorança toda?

Mas também, como exigir mais de quem ouve essa porcaria que toca em rádios e carros-barraquinhas, shows de tv?

Vi na Tv a propaganda daquela banda Radiohead(nem sei se se escreve assim), que iria fazer show no Brasil. O rapaz parecia estar num ataque epilético ou tendo convulsões. Não. Não sou radical contra novidades. Sou bem modernosa, gosto de rock. Mas chamar aquilo de cantar? E a letra daquilo, pelo amor de *D-us!!

Vai daí que essa moçada aprende a resmungar em inglês e nem sabe repetir o que está em todos os cartazes, revistas e livros sobre a Amazônia. E eles sabem lá o que é a Amazônia? Ah, sim, é um sabonete da Phebo!

Será que eles conseguiram ler um livro por ano? Ou estiveram muito ocupados nas raves e baladas? Ou estavam fazendo chapinha?

Cadê os pais dessa cambada?

Em tempo: D-us é a forma de um povo muito radical escrever Deus. Na internet virou Dus. Até tu, Rosana!

Já recebi as jóias com os comentários, escritos em letra minúscula, ignorando que início de frase exige maiúscula e, ao terminar, ponto final. Distração do comentarista?

Morram de rir ou de chorar.


ENEM 2009

O tema da redação do Enem deste ano(2009) foi Aquecimento Global, e como acontece todo ano, não faltaram preciosidades.


1) “o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta.” (percussão e estalos. Vai ficar animado o negócio)

2) “A amazônia é explorada de forma piedosa.” (boa)

3) “Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.” (tamo junto nessa, companheiro. Mais juntos, impossível)

4) “A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” (e na velocidade 5!)

5) “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

6) “O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.” (pleonasmo é a lei)

7) “Espero que o desmatamento seja instinto.” (selvagem)

8) “A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.” (o verdadeiro milagre da vida)

9) “A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta.” (também fiquei emocionado com essa)

10) “Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis.” (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)

11) “Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd’s da coleção do Chaves)

12) “Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” (amém)

13) “Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza.” (e as renováveis?)

14) “A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica.” (deve ser culpa da morte ecológica)

15) “A amazônia tem valor ambiental ilastimável.” (ignorem, por favor)

16) “Explorar sem atingir árvores sedentárias.” (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)

17) “Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia.” (o quê?)

18) “Paremos e reflitemos.” (beleza)

19) “A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas.” (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

20) “Retirada claudestina de árvores.” (caraulio!)

21) “Temos que criar leis legais contra isso.” (bacana)

22) “A camada de ozonel.” (Chris O’Zonnell?)

23) “a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” (a solução é colocar lá o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)

24) “A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração.” (para fabricar o papel que ele fica escrevendo asneiras)

25) “A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável.” (campeão da categoria “maior enchedor de lingüiça”)

26) “Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação.” (NÃO!)

27) “Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises.” (gênio da matemática)

28) “A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes.” (red bull neles - dizem as árvores)

29) “O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório.” (ótima)

30) “O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando.” (subindo!)

31) “Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc.” (deve ser a globalização)

32) “Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” (gzus)

33) “Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” (imaginem as que foram votadas no banheiro deles)

34) “Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” (oh, God!)

35) “O que vamos deixar para nossos antecedentes?” (dicionários)

10 comentários:

W.Henrique disse...

É....Eu sempre disse : "A inguinorança é qui astravanca o pogréssio". Infelizmente a tchurma prefere mesmo é sacanagem. O resultado ? Péssimos advogados, médicos mediocres, engenheiros incompetentes e politicos corruptos. "A gente merecemos".

W.Henrique

Clarice disse...

W.Henrique, se pelo menos eles soubessem que a Amazônia não é o pulmão, mas o ar condicionado da Terra...
Abraço.

Pitanga Doce disse...

Como já te disse em email, para que estudar? As vagas na Universidade estão garantidas com as cotas! E agora querem dar 50%, pode?????

Clarice disse...

Pitanga, ser menos privilegiado deixou de ser motivo para estudar mais. Não há desafios.
Para quem já foi professora e estudante de escola pública, antes da particular, isso é de uma tristeza sem fim.
Abraço.

Anonymous disse...

So nos resta lamentar não é querida.
Que reserva o futuro neste quadro desalentador ?
Estou passando para deixar meu beijinho costumeiro. Tenha um belo dia. Lê.

São disse...

Que coisa, amiga!
Esta lista de bobagens me recordou um livro intitulado " História de Portugal em Disparates", que era um acervo de asneiras incr+iveis ditas por estudantes acerca do país.
E como dizes , embora com alma entristecida por pensar que são estas ignorantes criaturas que vão ser os nossos governantes futuros, não podemos evitar rir.
Um abraço.

Tiago Medina disse...

O problema dos jovens -e falo dos elitizados que tiveram a oportunidade de fazer um curso superior como eu - é que todos querem conhecer o mundo. Sem antes ver como é o quintal de casa.
Aí, em casos extremos de falta de cultura, acontece justamente isso que tu colocaste no blog...
É cultural o problema. E somente quando o brasileiro se der mais valor é que isso muda.

Tozé Franco disse...

Olá Clarice.
Infelizmente a ignorância e generalizada.
Já perdi a paciência, porque também me entretinha a copiar algumas tiradas antológicas de alguns alunos. Um dia destes começo a publicá-las.
Embora não da minha área, não resisto a deixar-lhe aqui a noção de átomo segundo um aluno iluminado:
"Suponhemos que peguemos num insecto, que o estripemos e tá o esmigalhemos. À mínima parte, que mal se nota mas ainda s e topa, chamemos átomo."
Um abraço.

Clarice disse...

Lê, é certo que a língua é viva, mas assim é de chorar.
Beijos, querida!

São, o imediatismo, o consumismo tomaram o lugar da cultura.
O prazer da leitura parace estar voltando aos poucos, mas é tudo muito superficial nessa vidinha deles. "Se dar bem" é o que importa.
Beijos.

Tozé, é de rir, mas isso denuncia que a ignorância e a despreocupação grassam pelo mundo todo.
Abraços.

Clarice disse...

Tiago, e o pior é que quem vai um pouco além do currículo é ridicularizado.
Um dia, não sei não, acho que os neurônios desistem.
Abraço.