TRANSLATOR( BLOG OR POST)

19 de jan de 2009

Voltam as dicas


Colhi na minha caixa de mensagens:

1 - Quando for colher folhas de uma planta, não retire todas as folhas de um só galho.

2 - Quando for coletar plantas em local público (mata, cerrado), deixe sempre algumas de cada espécie, para que possam crescer e multiplicar depois. Assim, você estará preservando as espécies.

3 - As cascas devem ser retiradas apenas de plantas adultas e sadias. Recomenda-se retirar pequenos pedaços apenas de um dos lados da planta de cada vez. Se retirar grandes pedaços, circundando o tronco, poderá provocar a morte da planta.

4 - Se você ganhou um vasinho com crisântemos, para que ele dure por mais tempo, coloque uma colherzinha de açúcar na água quando regar.

5 - Quando você for plantar roseiras, se tiver cascas de banana à mão, coloque umas duas, picadinhas, no fundo da cova. São ótimas fontes de potássio.

6 - Caso queira replantar violetas, ou outra flor ou outra planta não muito grande, aproveite seu filtro de papel de café, já usado, como filtro de drenagem no fundo do vaso! Ele não deixa a terra sair e já vem com um pouco de adubo!

7 - Para conservar as flores por muito mais tempo, coloque uma aspirina dentro do jarro. Os comprimidos podem ser substituídos por pedrinhas de gelo.

8 - Mantenha suas rosas bem bonitas, colocando açúcar na água e dando um corte em diagonal nos talos. Arranque os espinhos que ficam dentro da água.

9 - Suas flores murcharam? Dê uma reanimada nelas. Corte um pedaço do caule, mergulhe por alguns minutinhos em água quente e, logo em seguida, em água fria.

10 - Acabe com o mau cheiro da água no jarro de flores, colocando um pouquinho de sal, uma moeda de cobre ou um pedaço de carvão na água.

11 - Aquele lindo buquê que você comprou para presentear alguém, não irá murchar, desde que você o mantenha envolvido num papel celofane dentro da geladeira até a hora que sair.

A 12ª é minha: Os arranjos de flores não precisam ser mergulhados até a metade do caule para se conservarem. Basta cobrir um ou dois centímetros deles. Assim, evita-se desperdício e os caules não apodrecem. Retire todas as folhinhas que ficarem encobertas pela água. Troque a água todos os dias. Corte um pedacinho dos caules todos os dias.
A jardineira da foto hoje abriga salsa, cebolinha, tomilho, sálvia...

2 comentários:

Renato Amado disse...

Planta? Vaso? Já associo com dengue. Quanto aos seus comentários lá no meu site, não tenho nada com isso. Reclame com o Reinaldo Amaro. Ele sim pode ser esquentadinho. ;)

Beijos.

Clarice disse...

Renato, deve dar arrepios mesmo esse negócio de dengue, mas com alguns cuidados até pode ter flores em casa.
Imagine se você é esquentadinho! Deus me livre chamar você de esquentadinho. Já to indo embora, meu!
Abração.