TRANSLATOR( BLOG OR POST)

9 de dez de 2008

Danou-se!

Pronto! Não tem mais jeito! Agora é que não vai sobrar um trocadinho no final do mês.

Como resistir a
isto?

Eu quero tudo o que vou clicando. Claro que vou ter que me mudar para um galpão, mas não é aquilo que a gente sonha desde que começou a olhar para o fogão?

Nossa Senhora das panelas e apetrechos que me proteja!

10 comentários:

Anonymous disse...

Nossa que tudooo

Como achou esse site, já tenho opções para lista de presentes hahaha

bjs Angel

Mauro Castro disse...

Clarice, depois daquele teu comentário lá no Taxitramas, fui obrigado a deixar uma mensagem em minha própria caixa de comentários - coisa que normalmente não faço.
Serás queimada na fogueira santa dos tradicionalistas gaúchos, minha amiga.
Há braços!!

São disse...

Como graças a Deus não tenho vocação para doméstica, estou livre destas tentações, rrrss
Bem hajas!

Renato Amado disse...

Pois é... bem... sobre as lâmpadas de natal, tudo é ilegal, imoral ou engorda, então no dia em que eu chegar em casa num horário razoável, sóbrio e com saco vou colocar umas lampadazinhas na janela. Pensando bem também posso colocar sem chegar sóbrio. Se pegar fogo faz parte, tenho seguro. ...rsrs... Quanto à minha aventura gauchesca, vou fazer uso da modernidade e usar um ctrl+v básico e transcreve o que disse no blog do Mauro: "Pois é, fui alvo de chacota generalizada ao tomar água após cada gole de chimarrão, mas não me deixe abater. Já estava me achando muito "matcho" de ter encarado duas doses de chimarrão. Pra quem não adquiriu o hábito de beber esse treco desde moleque e que, ainda por cima, nunca gostou de mate, não é moleza não."

Renato Amado disse...

hahahaha. Te desafio a um Guaraplus. Isso sim é bebida pra quem aguenta! hahahaaha.

Quanto à atualização, tenho atualizado bem mais de uma vez por mês atualmente, inclusive vou fazer isso agorinha mesmo, narrando meu primeiro dia em Curitiba.

Muito prazer e beijos.

Clarice disse...

Ângela, espertinha! Querendo poupar convites?
Beijos.

Mauro, cutucando onça com vara curta eu. A tradição é coisa que se pesquisada já sofreu tanta mudança que vira novidade.O gosto não muda, só que em vez de segurar a cuia eu seguro a caneca.
Abraços.

Renato, mal sabe você que cada gaúcho e cada catarinense tem uma receirta certa de fazer chimarrão e churrasco. É pior que discutir religião, política e time de futebol.
Na minha família, uma mistura de gaúchos e catarinas, usa-se cuia, mas eu tomo só de vez em quando e geralmente sozinha, então encher uma vasilha daquelas com erva seria um desperdício. Fora aquela meleca que fica no fundo da cuia. ECA! No final o gosto é o mesmo. Adiferença está na qualidade da erva e no modo de preparar.

Guaraplus seria um coquetel de guaraná em pó? Ai, caramba!

Entre bichos e blogs vou pousar no teu espaço pelo menos uma vez a cada duas semanas, então vai ficar fácil conferir se você não está escondendo o jogo.
O prazer é meu, com certeza, porque gostei demais de teus textos.
Abração.

Lúcia disse...

Meus os teus desejos e orações, eheheh

beijos

Clarice disse...

Lúcia, não dá mesmo vontade de comprar tudo?
Beijos.

Helô disse...

quem me dera...

Clarice disse...

Helô, eu vou começar com um ralador de sal. Coisinha pouca, só pra não abusar.
Beijos.