TRANSLATOR( BLOG OR POST)

13 de dez de 2008

Aquelas coisinhas velhas

Quando sobrar um tempinho, dê uma espiada nos seus armários e veja se consegue encontrar aquelas panelas e pratos, talheres e utensílios de cozinha que você não usa há tanto tempo que nem lembrava mais. Aquela faca de ponta partida, a colher de cabo torto...

Eu sei que muito já foi dado e muito seremos sempre agradecidos por tanta generosidade. Sou apenas mais uma voz transmitindo os apelos. Os sem casa e também os que retornaram as suas casas e perderam tudo, estão precisando de apetrechos de cozinha, algum eletrodoméstico usado que está largado num canto, funcionando, mas velhinho.

Eles não ligam a idade, não. É de alguma coisa assim pra peprarar uma comidinha de criança, um ventilador velho, mas que ajude a diminuir o calor de algum idoso, de alguém já cansado de limpar o barro de dentro de casa.

É de tanta coisa que eles precisam que eu nem sei como fazer o pedido, mas eu sei que quando você trocar seus velhos apetrechos de cozinha vai lembrar dessa água toda e do tanto que doeu ver tudo seguir o caminho do rio e do mar. Voltar pra casa e só ter paredes.

Aquelas cadeiras sem par, alguma mesinha lascada, um sofá abandonado. Uma cama que você vai dispensar. Qualquer móvel, qualquer um. É só deixar nos postos de entrega da Defesa Civil, que eles mandam pra essas pessoas, que pelo menos poderão ter onde sentar, onde dormir e uma colher, um garfo para comer.

Para eles isso vai ser um presentão de Natal

Mil, mil e mais mil vezes obrigada!

2 comentários:

Anonymous disse...

Não é necessário nenhum agradecimento. Eu é que agradeço a oportunidade de poder ter sido útil para os irmãos de Sta Catarina. Nossa vida ou nossas lutas só se justificam se puderem ajudar alguem. Enviei uma televisão de 14polegadas que estava encostada e sem uso embora esteja funcionando perfeitamente. Gostaria de ter muito para muito dar, ate conforto e proteção. Beijinhos. LÊ.

Clarice disse...

Lê, pessoas como você deveriam ser feitas em série.
Um beijo e obrigada. Tenho certeza de que esse aparelho ajudará as pessoas a verem o mundo de forma positiva de novo.
Eu gosto uito de você e de tudo o que você coloca em suas palavras, viu?