TRANSLATOR( BLOG OR POST)

29 de ago de 2007

É ele!

Quem não viu, pode ver aqui a poeira que eu levantei quando uma bobona pegou um texto irônico que eu fiz, emendou, colou erros , modificou a mensagem e ainda por cima colocou como autor o mais que visado Luis F. Veríssimo(tadinho!)

Quando gosto de um texto e não vejo o nome do autor, vou ao oráculo bendito e cavoco até achar. Tenho tido sorte até aqui. Mas esta semana levei um baile!

Recebi um lindo texto e fui procurar o autor(amanhã eu ensino como faz, para quem não sabe). Apareceram quase duzentos, sim, eu disse duzentos safados, dizendo serem os pais da criança! E com alterações, claro.

Até que topei com uma pessoa digna, que dizia o nome verdadeiro do autor. Como eu sei que é o verdadeiro? Porque bati um papo com ele, uai!

O papo tá aqui:

"Nome: Clarice · http://avessoedireito.blogspot.com/
Parabéns, claro e sem nada de criativo na palavra, mas se ajudar a melhorar essa falta de inspiração(minha) coroe com um beijo estalado.
A gente lê pra ver se aprende a ser menos louco, viu?
Bem a propósito e porque quase paguei um mico, podes confirmar se o texto que começa com "Todos os dias morre um amor..." é de tua autoria?O que já apareceu de pai do texto na minha pesquisa é coisa séria! Estou numa campanha inglória de sempre que recebo um texto anônimo, fuçar o Google em busca do autor.
Um abração."


"Olá Clarice, o "Pequeno Tratado Sobre a Mortalidade do Amor" é, sim, de minha autoria. A crônica, que acabou me dando a duvidosa fama de escriba de textos que o pessoal reencaminha aos amigos por e-mails, me inspirou a escrever o texto Como me tornei um autor desconhecido e fui parar em um anexo de Power Point. Você encontrará mais detalhes de como o meu texto foi parar em tudo quanto é lugar no excelente blog Autor Desconhecido, criado por Vanessa Lampert. Um abraço! 27.08.07 @ 18:42 "

Tá aí! Alexandre Inagaki é o autor, plagiadores e destruidores de textos!

Clique nos links e veja o descaramento dos copiadores. E a tristeza que acomete um autor, por mais modesto que seja(que é meu caso, mas não o dele), quando acontecem coisas assim.

O texto, muito lindo, leia diretamente aqui no blog dele

Nenhum comentário: