TRANSLATOR( BLOG OR POST)

20 de jun de 2007

Não exagere nem faça economia


"Manhã de sábado no Mercadão do Produtor, na Avenida Érico Verissimo, em Porto Alegre. Os trovões de chuva causam estrondos, mas o que chama a atenção de quem passa é Francisco Graça dos Santos, o Chico Graça, como é popularmente conhecido. O vozeirão do ex-puxador de samba anuncia as vantagens do consumo da banana e brinca:

- Faz bem à saúde, tem potássio, evita cãibra, é bom para pele e dor no calo...

Servidor público federal aposentado, 57 anos, Chico não poupa simpatia, gentilezas e conversa com quem se aproxima. Em seis anos, perdeu a conta dos convites de clientes para festas de casamento, aniversários e batizados. Lembra nomes de clientes, pergunta pela família, dispensa atenção a todos, arrancando sorrisos até dos mais sisudos. O resultado? Em frente à banca da distribuidora para a qual Chico trabalha, clientes fazem fila e, certamente, não é por causa do preço, praticamente o mesmo da concorrência.

- Não tem segredo, é só trabalhar com bom humor, respeito, educação e sensibilidade - ensina Chico.
(...)"

Você continua lendo aqui=

Ou passa para as dicas aí embaixo( o negrito é meu)


"Para não errar na dose

Confira como agir, segundo indicações de especialistas na área:

> Você não precisa ser um comediante, apenas demonstrar bom humor para trabalhar e resolver problemas. Dificuldades de relacionamento são comuns, por isso procuram-se pessoas com características que facilitem as relações.

> Não se deve confundir alegria com falta de concentração, desrespeito ou ousadia. Por isso, antes de fazer uma brincadeira ou uma piada, tenha certeza de que não irá provocar constrangimento ou aborrecimento.

> Sorrir libera substâncias químicas que trazem sensação de bem-estar. Isso não quer dizer que você tenha de ficar brincando ou falando o tempo todo.

> Existe um limite entre o bom humor construtivo e o destrutivo. O sarcasmo e o preconceito podem vir disfarçados na forma de brincadeiras aparentemente inocentes."

Veja aqui na Folha se tem alguém com distimia convivendo com você ou dormindo no seu travesseiro.
A figurinha da foto veio deste blog de Saturno

3 comentários:

Waldemar Henrique disse...

Ah,Clarice, nem resta a menor dúvida. A vida ,levada com bom humor, mesmo nos momentos mais dificeis é boa demais. O pior do mau humor nem é o que êle provoca nos nossos interlocutaroes, mas, principalmente o que êle provoca em nós mesmos. A própria expressão física das pessoas com mau humor é predominantemente marcada pela ausência total e absoluta de quaisquer resquícios de beleza. Esse carinha que está aí, com esse semblante de brabinho é que se salva desse dilúvio. Por mais que êle se esforce em parecer máu a vontade que dá na gente é de levá-lo pra casa. Correndo !!!!

Abraço

Waldemar

Susana disse...

Olá Clarice, acho que o endereço está trocado, na verdade esta Feira dos sábados é na Perimetral, mas vá lá...Eu conheço o seu Chico, pois costumo fazer minhas comprinhas neste lugar. Com ele aprendi que banana cura caspa : é só colocar um cacho em cima da cabeça, virar de um lado pra outro e adeus caspa. Seu Chico assina embaixo.

Clarice disse...

Waldemar, sorrir faz um bem danado, mas apenas estar de bem com a vida já é uma enoooorme vantagem!
Ah esse cãozinho é demais, não é?
E você vai gostar do blog desse português também, com certeza.
Abraço.

Susana, ficou feio para a jornalista errar o endereço(eu conheço quase nada de PA, então...), mas esse cara deve ser especial mesmo.
Toda cidade tem uma figura assim e eu acho ótimo!
Beijão e bom final de semana(sem caspa).