TRANSLATOR( BLOG OR POST)

23 de abr de 2007

Contagem Regressiva



Faz pouco tempo que Bruninha, minha amiguinha gaúcha de 11 anos, muito atenta e inteligente, além de linda, reclamou quando eu fiz um pequeno texto sobre a preservação deste planetinha, e em algum momento repeti o que se ouve por aí: o futuro da Terra está na mão das crianças, dos jovens!

Ela está cheia de razão! Afinal, que safadeza é esta? Primeiro estragamos e sujamos tudo e depois jogamos no colo de crianças e jovens a responsabilidade pela faxina? Eles têm todo o direito de exigir que nós façamos nossa obrigação.

Claro que nem todo mundo está disposto a se pendurar num navio para impedir a caça às baleias, ou xingar a faxineira que "varre" a sujeira com mangueira.

Tem formas mais simples e algumas bem praticáveis. Afiliar-se a alguma ONG séria, já é um bom começo. Eles aceitam qualquer ajuda, seja financeira ou apenas para divulgação via e-mail de seus artigos.

Dentro de casa e no trabalho existem coisas bem praticáveis também.

Veja só:

1. Se você fechar a torneira do chuveiro só um minutinho antes do que costuma, vai economizar 500 litros de água por ano! A cada minuto escorrem 15 litros de água ou mais pelo ralo.

2. Se você e todo o Brasil tirarem o carregador do celular da tomada, assim que estiver completa a carga, será economizada energia suficente para 60.000 casas por ano!

3. Ao invés de despejar a gordura de frituras pelo ralo da pia, coloque-a numa garrafa tipo pet até encher e depois descubra alguma instituição, empresa ou pessoa que fabrique sabão. Eles vão adorar as doações e você vai evitar poluição.

Já existem comunidades que recolhem essa gordura e a transformam em combustível. Afinal isso que vai para o lixo não é nada mais do que combustivel! Enquanto continuamos a jogar dinheiro no lixo, pelo menos vamos jogar dentro de garafas que vão demorar 100 anos para se decomporem. Talvez até lá alguém ache uma solução mais adequada.

Particularmente tenho esperança de que algum empresário acorde e comece a recolher óleo usado. Enquanto isso não acontece, vamos reduzir o uso de detergentes para diluir a gordura e água para empurrá-la ralo abaixo.

4. Quem mora em casa e tem calçadas, aproveite a água que sai da máquina de lavar, cheia de sabão, prontinha para fazer faxina. É só desviar o cano de saída da água.

5. Só deixe acesas as lâmpadas dos cômodos onde há pessoas.

6. Instale minuteiras e troque as lâmpadas incandescentes por econômicas. Respeite o tempo mínimo que elas devem permanecer acesas para serem realmente econômicas.

7. Use regador no lugar de mangueiras no jardim.

8. Use balde para lavar o carro e repense essa idéia de andar com o carro lavado toda a semana, com a mesma água que é usada para beber.

9. Separe o lixo orgânico do reciclável e encha até a boca as sacolas de lixo.

10. Dispense o uso de embalagens sempre que puder. Quando o que você comprou cabe no seu bolso ou na sua bolsa, para que sacolinha, hein? Prefira produtos que não usam embalagens de plástico ou isopor.

11. Recolha o lixo que você produz, em qualquer lugar que você vá.

12. Tenha uma sacolinha para colocar lixo dentro de seu carro. Rua não é lixeira nem cinzeiro.

13. Use os dois lados do papel para imprimir e só imprima o que for absolutamente necessário. Armazene arquivos no computador ao invés de imprimir.

14. No escritório coloque papel usado em caixas que irão para reciclagem.

15.Use o verso de propagandas e correspondências comerciais para fazer anotações e listas de compras.

16. Plante o máximo de árvores, folhagens e flores que puder. Se metade da população brasileira plantar uma só árvore durante toda sua vida, que maravilha! Mais de 70 milhões de árvores.


Aumente a lista de sugestões com aquilo que você viu, faz ou ouviu.


(Ouvi de um motorista de mais ou menos 40 anos, que passeava, na semana passada, com seu carrão tipo furgão pela areia, quando o abordei e informei que existia lei proibindo tráfego de carros pela praia: "A senhora vai criar caso comigo só por que estou de carro na praia? Tem outros carros aí também!"


É. Talvez seja hora de entregarmos o mundo para as crianças e jovens. Se um homem de 40 anos não sabe que está esmagando filhotes de siri quando roda pela areia...)


N.B.: Algumas sugestões e informações colhi da TV(NG, Discovery e Animal Planet).

3 comentários:

Bruna Castro disse...

oi, querida amigona!!
voltei! olha obrigada por um link do meu blog!!!!!!!
Querida!! como adivinhei?? Acabei de postar lá no brunaldinha!!
mas acho que você não vai gostar nem um pouco de um noticia que tem lá...
bj!
Tenho que sair, E-S-T-U-D-A-R!!!!!!!!!!!!!!!!
BJ
Te adoro muito!!!
bj
BUH!!

Waldemar Henrique disse...

A Bruninha está coberta de razão.Queiram os anjinhos idênticos a ela que estas crianças recebam a educação condizente para que no futuro, no auge de suas gerações, o planeta comece a sua fase de regeneração. O mal deste país foi o desleixo com que os governos trataram a Educação e a Cultura. O resultado está aí. Duvido que ao menos 10% da população adulta deste país consiga cumprir os 16 ítens que citas. Infelizmente.

Abração

W.Henrique

Clarice disse...

Bruninha: Xi, não me assuste! Vou correndo lá ver o que é. Beijão.

Waldemar, acho que metade do problema está nesa dependência do governo para tudo! Por que cada um não faz a sua parte? Nenhum presidente ou vereador vai fechar sua torneira ou apagar o foguinho do lixo de seu vizinho, nem segurar a mão de quem joga lixo no rio.
Concordo que houve, e haverá sempre, menos do que se espera em troca de impostos, mas tem muita coisa que não depende do governo e que nós não fazemos, mesmo dentro de nossa casa, no nosso pátio, na nossa rua, não é?
Beijo.